Decisão sem precedentes: As pessoas vacinadas contra a covid estão proibidas de doar sangue. De que país se trata?

À medida que as campanhas de vacinação continuam na Europa, nos Estados Unidos e na maioria das partes do mundo, com as pessoas esperando que os problemas causados pela covid-19 – com pacientes que acabaram no hospital em estado grave, pessoas que perderam as suas vidas mortas pelo novo coronavírus – mas também com inúmeras restrições de tráfego, que geraram efeitos indesejáveis não só sociais mas também económicos, ficámos a saber de uma decisão sem precedentes.

Nomeadamente, o facto de o Japão se ter tornado o primeiro país do mundo a proibir tanto a doação como a transfusão de sangue no caso de pessoas vacinadas contra a covid-19, de acordo com a puterea.ro.

A doação de sangue pelas pessoas vacinadas está na análise dos especialistas, a partir do que foi transmitido no website da Sociedade da Cruz Vermelha do Japão. Tudo é considerado, mesmo os critérios de aceitação de doações de sangue.

“Gostaríamos de expressar a nossa sincera gratidão pela vossa compreensão e cooperação na doação de sangue. Quanto aos critérios de aceitação de doação de sangue para aqueles que foram vacinados contra o novo coronavírus, estamos no processo de avaliação e possivelmente a considerar esta possibilidade no nosso país, por isso, por favor compreendam que nos absteremos de doar sangue até que os critérios sejam estabelecidos.

Obrigado pela vossa cooperação. Além disso, a norma será decidida até ao início da vacinação para o público em geral e, uma vez decidida, iremos informá-lo novamente no local. Aguardamos com expectativa a continuação do vosso apoio no futuro”, foi declarado numa mensagem publicada no site oficial da Sociedade da Cruz Vermelha Japonesa, de acordo com a fonte citada.

Fonte: yogaesoteric 19 de Junho de 2021