Por Yogaesoteric

Como o corpo, o cérebro precisa de combustível que pode ser obtido de alimentos saudáveis. Aqui ficam alguns alimentos que podem dar um impulso benéfico ao seu cérebro:

INTESTINO-O-Cérebro-que-comanda-a-saúde-do-corpo-830x450

Cacau: Comer chocolates – com uma alta porcentagem de cacau – é bom para o cérebro, graças a compostos poderosos chamados flavonóis. Esses compostos actuam como antioxidantes e ajudam a preservar as células do cérebro, produzindo novas células cerebrais.

Flavonóis, como antioxidantes, também ajudam a combater a inflamação crônica que pode causar doenças relacionadas ao pensamento e à memória. Além disso, a pesquisa mostrou que os flavonóis suportam o hipocampo, que é uma parte do cérebro envolvida na memória e no humor. Enquanto comer chocolates é bom para si, coma com moderação, cerca de um quadrado ou dois por dia.

Frutas e vegetais coloridos:
 Adicionar mais alimentos coloridos à sua dieta também melhora a saúde do seu  cérebro. Alimentos coloridos referem-se a alimentos naturalmente coloridos, como frutas e legumes.
Frutas e vegetais coloridos, como beterraba, frutas vermelhas, folhas verdes, cenouras e pimentos, têm altos níveis de antioxidantes, como carotenóides e antocianinas.

Estes antioxidantes são pigmentos naturais que dão a essas frutas e vegetais as suas cores brilhantes. Estes antioxidantes são bons para o cérebro porque podem proteger os revestimentos das células cerebrais dos danos causados pelos radicais livres, moléculas tóxicas que causam inflamação e são causadas por factores como uma dieta pobre ou o respirar de ar poluído.

Verdes e feijões também fornecem folato, o que é benéfico na produção de mensageiros químicos no cérebro que são essenciais para o pensamento e o humor, chamados neurotransmissores.

Ácidos graxos: Comer ácidos graxos pelo menos uma vez por semana pode ajudar a retardar o declínio cognitivo e diminuir o risco de doença de Alzheimer. Ácidos graxos, ômega-3, particularmente o ácido docosahexaenóico (DHA), desempenham um papel fundamental em manter o cérebro saudável.

Essts gorduras saudáveis são usadas pelas membranas do cérebro para melhorar a estrutura e sinalização cerebral, o que resulta numa melhor função cognitiva. Além disso, o DHA também combate a inflamação crônica que pode danificar as células do cérebro e resultar no declínio cognitivo. Podemos obter boas quantidades de ácidos graxos, ômega-3, a partir de alimentos como sementes de chia, sementes de linhaça, sementes de cânhamo e nozes.

Cereais integrais: O cérebro prefere a glicose, que pode ser obtida mais prontamente de carboidratos, como combustível. Sem glicose suficiente, podemos sentir uma espécie de névoa cerebral e ter dificuldade em focarmo-nos. Em vez de carboidratos refinados, devemos optar por grãos integrais, como trigo integral, centeio integral, arroz integral, trigo mourisco e quinoa.

Os cereais integrais contêm fibras e ajudam a controlar os níveis de açúcar no sangue. Aumentos acentuados e declínios no nível de açúcar no sangue podem prejudicar a capacidade das células de absorverem glicose devido à resistência à insulina. Além de comer estes alimentos saudáveis para o cérebro, devemos também melhorar a nossa saúde cerebral de outras formas, como por ex, fazer exercícios cerebrais, realizar exercícios físicos, dormir o suficiente, manter os níveis de stress sob controle e interagir com amigos e ente queridos.