Evento Gratuito

O EQUINÓCIO DA PRIMAVERA: o Sol entra no signo de Carneiro. 
.
Meditação feita apenas online!
.
Essa influência subtil benéfica será percebida como parte de uma meditação especial em comunhão com o momento do Equinócio da Primavera.
.

Planta as Tuas aspiraçõeagora para que floresçam no próximo raio de sol!

 

A estação de TV online MISA® Senzaţional TV transmitirá por inteiro este evento espiritual.

Tendo em consideração a importância excepcional desta meditação, recomendamos que todos os alunos, que não possam participar do programa presencialmente na Natha realizem a meditação individualmente em casa, a fim de concretizar este excepcional momento astrológico, conectando-se em uníssono a todos aqueles que irão realizar esta meditação!

Sobre o EQUINÓCIO DA PRIMAVERA:

Neste momento há uma diminuição da noite e um aumento do dia (o dia torna-se quase igual à noite). Este momento de equilíbrio simboliza um estado inefável de harmonia que traz um impressionante estado de profunda transformação, da natureza exterior e a transformação benéfica da nossa natureza humana. Tudo então acorda para a vida e tende a emergir para desfrutar das intensas e profundas energias subtis benéficas da Primavera.

Após um período de “conservação em que foram sentidas as restrições de inverno”, especialmente quando a dieta da maioria dos yoguis consiste em sementes, grãos e laticínios, vem,  em conformidade com a tradição cristã ortodoxa, o período da Quaresma, que inclui este momento de equinócio. Especialmente durante este período, há um processo espontâneo de purificaçãoespecial tanto no nível do corpo como também ao nível de alguns dos nossos corpos subtis.

Um processo espontâneo de purificação especial

equinox0

Especialmente agora renuncia-se a sacrifícios inúteis e idealismos excessivos em favor de experiências concretas, acções diretas que são executadas com a ideia de concretizar as nossas aspirações internas também. O homem deve-se adaptar ao máximo agora a estes requisitos de renascimento, do despertar para a realidade, sair do sono, interromper o processo de hibernação (este estágio tem um significado material e social, bem como um significado espiritual).

O homem tem que se adaptar da melhor maneira possível aos misteriosos ciclos da natureza, já que, especialmente agora, a sua oposição é análoga a nadar contra a corrente. Em alguns casos, esse fenómeno de desajuste frequentemente causa cansaço, nervosismo e muitas vezes falta de motivação – este aspecto é geralmente definido pela medicina como “fadiga de primavera”.

Este momento misterioso de hiatus coloca-nos espontaneamente em contacto com as gigantescas energias subtis do início, com o impulso optimista que surge a cada novo começo de vida. Ao mesmo tempo, este momento de efervescência provoca um florescimento fascinante da vitalidade. Desperta harmoniosamente a virilidade e a feminilidade, anima a experiência extática do misterioso tumulto da primavera, que nos torna espontâneos, corajosos, dinâmicos e activos.

Do ponto de vista esotérico, este momento coloca-nos em ressonância com o inefável e glorioso estado andrógino, com o misterioso estado de harmonia que, sob certas condições, aparece no nosso universo interior entre a natureza masculina e a natureza feminina, entre homem  e a mulher interior (entre anima e animus). Não por acaso, especialmente neste momento de renascimento e misteriosa regeneração da natureza, ocorre o acasalamento da maioria dos animais, as plantas começam a brotar e, passo a passo, os germes da vida vão revivendo ao nosso redor.

O fim e o começo de um misterioso ciclo zodiacal

Do ponto de vista astrológico, este momento representa quando o sol se move do signo de Peixes para o signo de Carneiro. Assim, testemunhamos o fim e o começo de um misterioso ciclo do zodíaco. O homem torna-se especialmente agora, analogicamente falando, como um vulcão que está prestes a entrar em erupção, a explodir. Portanto, torna-se frequentemente capaz de, especialmente agora, alcançar coisas nunca antes pensadas conseguir. O estado meditativo e contemplativo de Peixes é agora substituído pela espontaneidade e vontade de agir de Carneiro. Especialmente agora, desistimos de sacrifícios desnecessários e idealismo excessivo em favor da exaltação de experiências concretas, de ações directas que são executadas na ideia de realizar as nossas aspirações internas da melhor maneira possível.

O significado oculto da “fadiga” primaveril

O ser humano deve agora adaptar-se totalmente a estes requisitos de reavivamento, o despertar para a realidade do momento presente, interrompendo o estado de sono, interrompendo o processo de hibernação (este passo tem um significado social e material, além de espiritual) . Portanto, o ser humano deve adaptar-se da melhor maneira possível aos misteriosos ciclos da natureza, especialmente agora que sua oposição é como – analogamente falando – nadar contra a corrente. Em alguns casos, este fenómeno de desajustamento geralmente causa cansaço e nervosismo que muitas vezes não são motivados –  amplamente definido pela medicina como “fadiga da primavera”.

Estamos em contacto com as enormes energias subtis
do início

Este momento misterioso de hiatus coloca-nos espontaneamente em ligação com as energias subtis e enormes do início, cheias do optimismo, que aparece em cada novo início de vida. Este momento traz uma vitalidade efervescente fascinante. Desperta harmoniosamente no ser humano a virilidade e a feminilidade, estimulando a vida extática do misterioso tumulto da primavera que nos torna espontâneos, corajosos, dinâmicos e activos.

.

Evento GRATUITO e ABERTO a TODOS!

Data:

  • Sexta-Feira20 de Março das 03h05am às 04:50am

(APENAS FEITA ONLINE)

Online:

motivo_2

São todos muito bem-vindos!