Adaptação de 1 Coríntios 13:4-8

“Os actos de Amor são como asas radiantes, que continuam a elevar os outros, muito depois de serem realizados.” 
f07c415ddcb06c8bfe0171e5ade35695Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, se não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.
 .
Ainda que tivesse o dom de profecia e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, se não tivesse amor, não seria nada.
 .
Ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres e entregasse o meu corpo para ser queimado, se não tivesse amor, nada disso se aproveitaria.
 .
O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita. Não regozija com a injustiça, mas sim com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
 .
O amor nunca falha. Havendo profecias, serão aniquiladas, havendo línguas, cessarão, havendo ciência, desaparecerá. Porque em parte conhecemos e em parte profetizamos. Quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.
 .
Quando eu era uma criança, falava como uma criança, sentia como uma criança, discordava como uma criança, mas assim que me tornei adulto, acabei com as coisas de criança. Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido. Agora, permanecem a fé, a esperança e o Amor, estes três, mas o maior destes, será sempre o Amor.